quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Capivarol - Capivarol II - Eduardo Almeida Reis



Capivarol

Eduardo Almeida Reis
Estado de Minas : 31/12/2014


Muita gente foi tratada com o Tônico Capivarol inventado em Juiz de Fora pelo farmacêutico Barbosa Leite, composto de catuaba, guaraná e óleo de capivara: “Sonhei com Nossa Senhora Aparecida e ela me mostrou um vidro de remédio para maleita. Graças a Deus minha filha melhorou” disse uma dona de casa do interior do Maranhão, depoimento que faz parte do texto publicitário do Tônico Capivarol, publicado no Almanaque Capivarol de 1933.

O elixir de extrato de óleo de capivara iodo-fosfatado era recomendado pelo fabricante: “Ótimo medicamento para tuberculose em 1º grau e todas as moléstias ocasionadas pelo depauperamento orgânico, escrófulas, raquitismo, reumatismo e sífilis, anemia, debilidade, moléstias nervosas etc.”

Parece que o remédio ainda é fabricado no Rio pela Farmabraz Beta Atalaia. Quando tive uma porção de malárias morava em Juiz de Fora, mas ninguém sonhou com Nossa Senhora Aparecida e fui salvo por outros medicamentos. O Capivarol veio à balha, mais chique do que vir à baila, diante da notícia publicada em nossa edição de 22 de novembro sobre as “graciosas” capivaras, que continuam atenazando os frequentadores da Pampulha, justamente apavorados com o risco de contraírem a febre maculosa brasileira, doença transmitida pelo carrapato-estrela Amblyomma cajennese infectado pela bactéria Rickettsia rickttsii, carrapato encontrado em animais de grande porte, como bois e cavalos, cães, aves domésticas e, especialmente, na capivara, o maior de todos os reservatórios naturais. Não existe transmissão da doença de uma pessoa para outra.

São Paulo, Minas, Rio, Espírito Santo, Bahia e Pernambuco lideram no Brasil os casos de febre maculosa. Não existe vacina. Na maioria dos casos, os primeiros sintomas aparecem sete dias depois da picada do carrapato-estrela. A doença começa abruptamente com um conjunto de sintomas semelhantes aos de outras infecções: febre alta, dor no corpo, dor de cabeça, inapetência, desânimo. Depois, aparecem pequenas manchas avermelhadas, as máculas, que crescem e se tornam salientes, constituindo as maculopápulas. A erupção cutânea é generalizada e também se manifesta nas palmas das mãos e nas plantas dos pés. O diagnóstico precoce é importante para dar início ao tratamento porque – prestem atenção os defensores das capivaras da Pampulha – A TAXA DE LETALIDADE DA DOENÇA É ELEVADA.

Claro que estou resumindo a lição do Dr. Drauzio Varella, que copiei via Google. Um tiquinho de suspense dá sabor às crônicas do philosopho. Por isso, deixo para concluir o palpitante assunto na edição de amanhã, para começar bem o ano de 2015.

Estelionato religioso
Maior cidade do Brasil, São Paulo tem fascínio pelos falsos sacerdotes católicos e pelos verdadeiros pastores evangélicos, tanto assim que o piedoso bispo Edir Macedo Bezerra, nascido em Rio das Flores (RJ) não escolheu a cidade fluminense para construir o seu Templo de Salomão: preferiu São Paulo.

Tempos atrás, soubemos que a arquidiocese paulista considerou válidos os casamentos, batizados, comunhões e missas celebrados durante dois anos pelo falso padre Marcos Rodrigues Fontana, condenado por estelionato em São Paulo. Falante e articulado, ele atuou durante dois anos na Paróquia São Pedro e São Paulo, situada no Jardim Guedala, Região do Morumbi, aproveitando para tomar dos fiéis cerca de R$ 200 mil emprestados, além do pagamento pelas cerimônias que oficiava. Melhor que isso: condenado a um ano e dois meses de reclusão, a pena foi substituída pela prestação de serviços à comunidade, isto é, serviços parecidos com aqueles que prestava no Jardim Guedala.

Mas recentemente, a pauliceia encantou-se com alemão Wolfgang Schuler, de 70 anos, cabelos e cavanhaque brancos, que se diz cardeal nomeado pelo Vaticano para “investigar irregularidades no clero”. Não pede dinheiro, bom sinal. Também se apresenta como monge cartuxo e usa a falsa identidade do bispo de Onasbrück, Alemanha, dom Franz-Joseph Bode. Existe a diocese de Onasbrück e seu bispo de fato se chama Franz-Joseph Bode, mas sua foto é diferente do picareta, mostrando que há Bodes e Bodes.

Passando por Salvador (BA), como André Von Hohenzollern, chegou a celebrar missas e se hospedou em mosteiros da capital baiana apresentando-se como arcebispo polonês. Foi preso, extraditado para a Alemanha, voltou para o Brasil e deve ser extraditado outra vez. Um figuraço que, aparentemente, não faz mal a ninguém.

 O mundo é uma bola
31 de dezembro de 406: os vândalos cruzam o Reno para invadir a Gália. Hoje, preferem quebrar as lojas para roubar televisores e computadores. Em 1502, para se livrar dos seus inimigos, Cesar Bórgia convida-os para seu palácio de Senigallia e os assassina.

Cesare Borgia (1475-1597), Duca Valentino, foi príncipe, cardeal e nobre italiano. Abandonou a carreira religiosa para tornar-se guerreiro, casou-se com a francesa Charlotte de Albret e teve com ela uma filha, Luisa Bórgia. Conviveu com figuras como Leonardo Da Vinci e Nicolau Maquiavel, não muito amigos de sua família, e chegou a prender Da Vinci para que construísse armas para o seu exército. Seu poder e influência enfraqueceram depois da morte de seu pai, o papa Alexandre VI, sucedido pelo papa Júlio II, inimigo dos Bórgia. Foi preso, mas escapou da prisão e foi morto em batalha na cidade de Viana, Espanha. Hoje tem réveillon. Feliz ano-novo para você e todos os que lhe são caros.

Ruminanças
 “Ai de nós, os anos fogem rápidos” (Horácio, 65-8 a.C.).

--------------------------
Capivarol II 

Meia dúzia de caçadores, com seus barcos e cachorros, solucionam o problema das capivaras da Pampulha numa só noite


Eduardo Almeida Reis
Estado de Minas: 01/01/2015 04:00


Na coluna de ontem, cuidávamos da febre maculosa brasileira transmitida pela picada do carrapato-estrela. A infestação desses carrapatos era muito grande nos jardins da fazenda de Candinha e Joaquim Guilherme da Silveira, vizinhos e queridos amigos nossos. A meu pedido, a Cooper-Welcome enviou seu melhor especialista em carrapatos para solucionar o problema, um veterinário português nascido em Angola, que apareceu com a mulher e dois filhos para passar o final de semana. Solucionou o problema e nos ensinou que o cavalheiro ou a dama, ao retirar um carrapato agarrado a sua pele, não deve puxar, deve torcer o ácaro. O ectoparasita hematófago é fascinante: basta dizer que a fêmea nasce virgem e o macho não tem pênis, mas tem nariz. E o negócio vai por aí, mas estou cuidando da febre maculosa, que tem cura desde que o tratamento com antibióticos (tetraciclina e cloranfenicol) seja introduzido nos primeiros dois ou três dias. O ideal, diz Drauzio Varella, é manter a medicação por 10 a 14 dias, mas logo nas primeiras doses o quadro começa e regredir e evolui para a cura total.

Precisamos torcer para o médico cubano entender de carrapatos, porque o atraso no diagnóstico e, consequentemente, no início do tratamento pode provocar complicações graves como o comprometimento do sistema nervoso central, dos rins e pulmões, das lesões vasculares e levar a óbito. Portanto, evite o contato com os carrapatos. Se estiver numa área como a Pampulha, em que eles podem existir graças à imbecilidade dos defensores das capivaras num lago urbano, Drauzio recomenda as seguintes precauções: examine seu corpo cuidadosamente a cada três horas, porque o carrapato-estrela só transmite a bactéria responsável pela febre maculosa depois de pelo menos quatro horas grudado na pele.

Use roupas claras porque permitem ver melhor os carrapatos. Ponha a barra das calças dentro das meias e calce botas de cano mais alto nas áreas que possam estar infestadas de carrapatos, como na Pampulha das capivaras protegidas. Retire, torcendo, o carrapato grudado em sua pele. Não se esqueça de que os primeiros sintomas da febre maculosa são semelhantes aos de outras infecções e requerem assistência médica imediata, de boa qualidade, diz aqui o philosopho, que aproveita esta oportunosa ensancha para philosophar: meia dúzia de caçadores, com seus barcos e cachorros, solucionam o problema das capivaras da Pampulha numa só noite.

Conheço o posto de gasolina onde se reúnem e já me prestaram serviço semelhante, quando capivaras resolveram roer os troncos das seringueiras que plantei por lá. Na Pampulha, autorizados pelo prefeito Marcio Lacerda, resolvem o problema. Basta que os moradores fiquem em suas casas protegidos pelas paredes e que o trânsito de pessoas e automóveis seja proibido durante seis horinhas numa noite.

Nomes

Adarico Negromonte Filho, nome bonito, original, indicativo do que vai por aí. Ada vem de Áda ou Adá, de uma raiz semítica que dá ideia de “ornamento, beleza”. Aparece em Plutarco, Vida de Alexandre, como pertencendo a uma rainha da Cária, região da Ásia Menor. Rico, adjetivo ou substantivo masculino, que ou aquele que possui muitos bens, muito dinheiro e/ou muitas coisas de valor. Como dinheiro das empreiteiras e da Petrobras para distribuir em espécie pelos políticos. Negromonte é monte politicamente incorreto, enquanto Filho é sinal de que há famílias que não se conformam com o primeiro Adarico.

Irmão de ex-ministro petista, Adarico Filho está tranquilo: tem 70 anos, advogada e residência fixa num país grande e bobo: só fazia transportar envelopes lacrados cheios de papel-moeda. Absque argento omnia vana, diziam os latinos: sem dinheiro, tudo é vão. Engraçado, diz aqui o philosopho: tenho visto o lexema Vana escrito por aí.

 O mundo é uma bola

1º de janeiro é o Dia Mundial da Paz, além de Dia da Fraternidade Universal, sendo por isso um feriado adotado por quase todos os países. Neste dia, tomam posse os presidentes do Brasil e da Suíça, sendo que no Brasil também tomam posse os governadores. Há mais de um mês, os jornais disseram que Renan Calheiros, presidente do Senado, pretende assistir à posse de Renan Filho no governo de Alagoas. Sua excelência caiu muito no meu conceito, como se fosse possível cair ainda mais. O amor paterno é sentimento nobre e universal. Brasileiro que ama seu filho não permite que ele se candidate ao governo de Alagoas.

Em 46 a.C., entra em vigor o Calendário Juliano. No ano 69, as legiões romanas do Reno se recusam a jurar lealdade a Galba, Lucius Livius Ocella Servius Sulpicius Galba (3 a.C.-69), que foi imperador romano de 8 de junho de 68 até a sua morte. Foi o primeiro imperador romano de 69, conhecido como o ano dos quatro imperadores.

Em 630, o profeta Maomé parte com seus exércitos para capturar a cidade de Meca. Em 1502, navegadores portugueses exploram a Baía de Guanabara e a confundem com a foz de um rio, daí o Rio de Janeiro, nome da segunda cidade mais populosa do Brasil. Em 1600, o Calendário Juliano entra em vigor na Escócia. Em 1727, fundação da cidade de Cuiabá (MT), onde faz calor de verdade. As cuiabanas têm sotaque delicioso: “Viadjante tchega de fora, tchupa, tchupa a boca da djente que nem cadju”.

 Ruminanças

“A verdadeira liberdade é poder tudo sobre si” (Montaigne, 1533-1592).

Nenhum comentário:

Postar um comentário